Nossos teatros

Postado por CineCPS quinta-feira, 14 de maio de 2009

Campinas já teve um bom teatro municipal - creia! O nosso municipal de hoje, o Teatro Castro Mendes está seguindo o mesmo caminho do antigo municipal, que foi abandonado, caiu aos pedaços e depois por razão de segurança foi demolido como nos informa o Pró-Memória - não dá para argumentar com a lógica! Alguém acredita que ele vai ser reformado até o final do ano? A não ser que vire o Teatro Municipal Claro-Monstanto-Dell de Campinas, ou semi-pronto como a rodoviária.


As únicas alternativas par espetáculos populares são o decadente porém ainda lustroso Centro de Convivência, o teatro do SESC que cada vez tem menos uso... chega de shows no galpão!' e o teatro do Shopping Dom Pedro. Uma medida da falta de estrutura é a necessidade de patrocínio: chamava-se "Teatro TIM" - pior que isso, é ser conhecido por "Teatro ex-TIM" - fica assim a referência: lembra onde era o teatro TIM, pois é, ainda é teatro mas não é mais TIM... O teatro ex-TIM é pequeno, parece uma caixa de fósforos, mas tem peças de sucesso. Não é o programão de primeira, mas na falta de um Teatro Carlos Gomes, que respeite o público e os artistas, e uma cidade de 1 milhão de habitantes, vamos que vamos:

Começou essa semana a comédia Quinta que Pariu! que segue o modelo de sucesso do Terça Insana (stand-up comedy), toda quarta e quinta as 21:00 (R$10-meia/R$20-inteira).

Nas sextas, sábados, e domingos, o sucesso Confissões das Mulheres de 30 está em cartás (R$20/40) as 20:30 e 22hs. No domingo as 19h. Faz muito mais sucesso (obviamente) com mulheres do que com homens - as piadas são boas, mas como perspectiva importa em humor, fica bem mais engraçado para quem vivencia coisas parecidas.

Sábados, mais comédia - Risoterapia, que segue o mesmo molde de stand-up, mas com a perspectiva da platéia como terapeuta do artista (R$12,50/25,00) a meia-noite.

Mais informações no site do Dom Pedro (na lista ao lado).

2 opinaram

  1. Moreloca comentou:
  2. Fico extremamente chateada pela situação dos teatros aqui na nossa cidade.

    Em 2005, assisti uma peça no Teatro Carlos Mendes, onde uma parte da iluminação caiu e quase atingiu uma atriz. A sorte foi de que com muito bom humor, a situação foi contornada.

    Já o Centro de Convivência Cultural (CCC), não só na área utilizada para peças e shows, como no hall de entrada, utilizado para exposições, encontram-se em situações precárias. Tenho amigos que já desistiram de realizar exposições no local, uma vez que passam horas a “caçar” uma parede que não esteja mofada e um lugar que não possua goteira. A Unimed, por meio do Projeto “Unimed Arte”, até tentou dar uma força e promover o espaço (já que paga-se uma fortuna para realizar um evento de qualquer porte no CCC). Fica a pergunta: Para onde vai todo esse “dindim”??? Aff, o coitadinho nem entrou para a lista das “7 Maravilhas de Campinas” (site "Cosmo on Line).

    Mas o negócio não é só criticar! Tenho acompanhado as últimas edições das Campanhas de Popularização do Teatro em Campinas, que vem dando espaço a grupos muito bons. Pelo jeito a iniciativa tem tido muito sucesso, visto esse ano já ser a 24ª edição.

    Apesar de ser apertadíssimo e geladíssimo (bem no superlativo...rs), até gosto do Teatro do Parque Dom Pedro Shopping (ex-Teatro Tim). Pode até ser bobagem as minhas seguintes palavras, mas acredito que, para a grande maioria do público campineiro (que ainda não tem tanta intimidade com a cultura cênica), esse teatro supre muito bem...

    Faltou um comentário sobre o Teatro Fleming na Rua Luzitana. Ele abrigou algumas peças, entre elas “Trair e Coçar é só Começar”, além de palestras nos anos de 2005 (inauguração) e 2006, mas depois disso, ninguém mais ouviu falar. O próprio nome leva a marca das Faculdades Fleming, porém, acredito que isso não tenha agregado muita coisa...

    "Sou campineira e não desisto nunca..."

    Abraços.

     
  3. CineCPS comentou:
  4. Esse é o grande contraste - temos ótimos grupos teatrais mas eles não têm espaços a altura (custo ou condições) para apresentar sua arte. O CCC é fantástico, e uma pequena reforma já faria grande diferença. Triste... mas continuamos a prestigiar o teatro da cidade, seja no SESC (no Fleming, vou adicionar!) ou na rua!

     

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora