Teatro adulto na CPFL

Postado por Thiago terça-feira, 7 de julho de 2009

O projeto cultural da CPFL está dando tão certo que já se expandiu para várias cidades além de Campinas. Agora patrocina uma cia. teatral, onde participam os curadores do Café Filósifico. Parece que vai ser bom, como todo programa do espaço. Uma boa novidade, tão boa quanto as notícias que não tão novas: GRÁTIS!

Cia. CPFL de Teatro
"A Cia. CPFL de Teatro surgiu no final de 2003, com o objetivo de reunir colaboradores da CPFL Energia interessados em buscar uma identidade com as artes cênicas. Para viabilizar esta iniciativa e formar o grupo de teatro amador da empresa, as dependências da CPFL Cultura em Campinas foram oferecidas para viabilizar um organizado programa de oficinas e ensaios. A coordenação artística é do reconhecido diretor teatral Abílio Guedes, que assina mais de cem montagens ao longo de sua carreira. As apresentações da Cia. CPFL de Teatro ocorrem em diversas cidades da área de atuação da empresa. Em seu repertório estão as montagens: Lisístrata (2004), de Aristófanes; Retiro dos Sonhos (2005), de Marici Salomão; No Natal a gente vem te buscar (2007), de Naum Alves de Souza; e Brasil S.A. (2008), de Antônio Ermírio de Moraes".

A primeira peça será a
Brasil S.A.:
"A Cia. CPFL de Teatro apresenta na CPFL Cultura, em Campinas, o espetáculo Brasil S.A., com texto de Antônio Ermírio de Moraes e direção de Abílio Guedes. A proposta da montagem é discutir as relações familiares, empresariais e sociais que envolvem o poder, a ambição e a canalhice, quando se luta pelos interesses individuais em detrimento dos coletivos.

Lucas, personagem em torno do qual se desenvolve o espetáculo, nasceu e cresceu como um empresário batalhador, e Rosa, sua mulher, se firmou como a esposa amorosa, parceira e lutadora. A vida de Lucas passa a ser ameaçada por todos os lados, dentro e fora do lar, quando sua filha ecologista (Inês), sua nora "dinheirista" (Monique), um amigo calculista (Léo) e um profissional chantagista (Tavares) tramam sua derrocada. Dario, seu filho, como juiz de Direito, m
antém a temperança nas horas de crise.

A conjugação dos conflitos profissionais com os conflitos familiares retratam o que há de mais comum na vida de quem tenta produzir seriamente neste País. A montagem deste espetáculo teve por meta enfatizar a interpretação do ator, através de uma concepção cênica despojada de cenários – oito ambientes indicados no texto original -, e como consequência, ressaltar o texto do autor e propor a discussão dos temas apresentados, objetivo primeiro da direção".

Sexta e sábado, 10 e 11 de julho, às 20h.
Domingo, 12 de julho, às 19h.

Ingressos gratuitos (até dois por pessoa). A distribuição para os três dias de apresentação será realizada no Lounge da CPFL Cultura, em Campinas, no dia 10 de julho, das 12h às 20h. Os ingressos que não foram retirados nesse período poderão ser retirados 1 hora antes de cada apresentação.

0 opinaram

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora