Cinema Contemporâneo Francês no SESC

Postado por Thaiza quinta-feira, 5 de novembro de 2009


Inspirado no Ano da França no Brasil, o Sesc realiza a Mostra de Cinema Contemporâneo Francês, com filmes de produção recente (2000 a 2007). A curadoria foi feita pela revista Cahiers du Cinema.

Segundo Jean-Michel Frodon, diretor de redação de publicação até junho, "os longas selecionados para exibição na mostra refletem a França contemporânea e não se assemelham esteticamente aos filmes da Nouvelle Vague. Porém, a narrativa, a crença na força do documentário e a audácia formal presentes no movimento francês da década de 1960 podem ser encontrados ao longo de toda a programação."


(Fonte)

Todas as terças-feiras, 18h e 20h! Grátis.

10/11

18h - A Esquiva (L´Esquive) - Abdellatif Kechiche, 2003, comédia, 117’.
Krimo, um jovem de 15 anos apaixona-se por uma colega de sala, às voltas com o ensaio de uma peça de Marivaux na escola. Para conquistá-la, elabora um ambicioso plano: integrar-se ao elenco do espetáculo.
  
20h - Assassinas (Meurtrières) - Patrice Grandperret, 2005, drama, 97’.
Nina e Lizzy, duas jovens normais e um pouco frágeis. Entre elas, uma identificação imediata: juntas elas são fortes, eufóricas. Sem muita sorte, nem muito dinheiro, elas têm apenas seus sonhos, e sua amizade.
  
17/11
18h - A França
(La France) - Serge Bozon, 2007, drama, 102’.
No outono de 1917, a guerra prossegue. Há milhas de distância do campo de batalha, a jovem Camille leva uma vida marcada pelas notícias que seu marido manda do front. Um dia ela recebe uma carta em que ele termina com o casamento. Desnorteada e determinada a continuar a qualquer custo, Camille decide se disfarçar de homem para encontrá-lo.
  
20h - Até Já
(A Tout de Suite) - Benoit Jacquot, 2004, drama, 95’
Ao desligar o telefone depois de um "até já" do namorado, adolescente descobre que ele é um bandido que acaba de cometer um assalto em que há mortos. A jovem rica abandona a casa dos pais para acompanhar o namorado, e mergulha de cabeça numa geografia fugitiva - da Espanha para o Marrocos e para a Grécia - passando de uma vida de garota normal para a vida que ela escolheu, com suas delícias e conseqüências.
  
24/11
18h -  Tudo Perdoado (Tout Est Pardoneé) - Mia Hansen-Love, 2007, drama, 95’
Victor vive em Viena com Annette, sua esposa, e sua filha Pamela. É primavera. Fugindo do trabalho, Victor passa os dias fora, brinca com a filha e vadia no Parque. Apaixonada, Annette está confiante que ele se ajeitar. Mas Victor não abandona os maus hábitos e acaba se apaixonando por uma jovem junkie.
  
20h -  De Volta à Normandia (Retour en Normandie) - Nicolas Philibert, 2006, documentário, 113’
Em 1975, Nicolas Philibert foi assistente de direção de Renée Allio em “Eu, Pierre Rivière, que degolei minha mãe, minha irmã e meu irmão”, baseado num crime local descrito em livro pelo filósofo Michel Foucault. Trinta anos depois, Philibert retorna à Normandia, onde o filme estava sendo rodado.

0 opinaram

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora