Duas cadeiras e uma paixão

Postado por Thiago segunda-feira, 22 de março de 2010

Demorou mas está aí: a programação CPFL de 2010 começou a pipocar na net!!! Inicia-se com três apresentações da Cia. CPFL de Teatro, dá uma olhada:

Para se fazer teatro bastam duas tábuas e uma paixão”, disse William Shakespeare. Com base nesse princípio, a Cia. CPFL de Teatro – dirigida por Abílio Guedes – criou o espetáculo Duas cadeiras e uma paixão. A montagem é resultado das adaptações de textos de quatro estilos de representação: o clássico francês, a comédia realista, o teatro do absurdo e a encenação moderna, inspiradas em obras de autores representativos da dramaturgia desses períodos. Para encenar esses textos foram abolidos os cenários – sintetizados por duas cadeiras – além do despojamento dos figurinos e da utilização, apenas, de materiais cênicos indicativos dos personagens e suas ações cênicas.

“A concepção do espetáculo abrangendo quatro textos de períodos distintos teve por meta propiciar aos atores o conhecimento de diferentes estilos dramatúrgicos e de representação, que vão do exagero do teatro clássico francês à forma realista de interpretação, o ridículo dos personagens no teatro do absurdo e o frio distanciamento da cena moderna”, comenta o diretor. E completa: “Embora um trabalho difícil, a diversidade de estilos propiciará um excelente treinamento para o ator, que terá a oportunidade, em um único espetáculo, de experimentar possibilidades diferentes para a criação, composição e interpretação de papéis. Um novo e encorajador desafio para os colaboradores integrantes do segundo núcleo da Cia. CPFL de Teatro, uma vez que este tipo de montagem, desnudamento cênico e as diferentes formas de representação, exigirão deles um trabalho redobrado, compensado, todavia, quando obtidos os resultados esperados e que todos, com afinco, buscam alcançar
”.

As referências (abaixo) podem ser melhor conhecidas no site do Espaço CPFL:

As preciosas ridículas
Adaptado da obra de Jean Baptiste Poquelin – Molière
O Urso
Adaptado da obra de Anton Pavlovitch Tchékov
A máquina escolar
Adaptação inspirada nas obras de Eugène Ionesco.
Duas versões para a mesma história
Adaptação inspirada nas obras de Bertolt Brecht e em um conto japonês

26 e 27 de março (sexta e sábado), às 20h; e 28 de março (domingo), às 19h.
Ingressos gratuitos (até 2 por pessoa) distribuídos no dia 26 de março, das 12h às 19h, ou 1 hora antes de cada apresentação se houver sobra.

Classificação: 10 anos.
Informações: (19) 37568-000

0 opinaram

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora