Espetáculo faz leitura de obra de Guimarães Rosa

Postado por Carla quarta-feira, 6 de maio de 2009

Data: 15/05, sexta, das 11h às 19h

Local: Praça Rui Barbosa

Preço: Grátis (o mais importante!)

Inspirado na obra Grande Sertão Veredas, o ‘Sertão no Meio do Redemoinho’ propõe uma leitura contemporânea e urbana da obra de Guimarães Rosa. Composto por 15 cenas, com duração de aproximadamente 30 minutos, esta instalação funciona como um grande quebra-cabeça, onde cada trecho é conectado e ao mesmo tempo independente de toda a performance.
O espectador pode optar pelo espetáculo integral ou por cinco minutos, e em qualquer um destes tempos ele experimenta e descobre a fecundidade e força da poesia da obra de Guimarães Rosa.
Com: contadores e moradores de Cordisburgo, miguilins, O Grivo, Roberto Bellini e Casa Volante – Teatro de Objetos. Figurino: Ronaldo Fraga.

Aí vai um trecho da apresentação do espetáculo postado no Catraca Livre que deixa a curiosidade ainda mais aguçada:

“Sertão no meio do redemoinho não é uma adaptação teatral da obra de Guimarães Rosa, mas um diálogo entre suas realidades e fantasias e o cotidiano e o real vigente nas praças e ruas de grandes cidades.
Em uma estrutura metálica, desenhada e construída como uma encruzilhada, um ‘descanso no meio da loucura’ acontece uma performance contínua, com a duração aproximada de 8 horas, em que os vários níveis da obra se mesclam e se re-constroem como uma outra narrativa. Um fluxo de pequenas cenas, onde os espectadores e transeuntes podem descobrir e vivenciar a imensidão e dimensão da obra. Uma encruzilhada e passagem.

Uma narrativa não linear, a-histórica e nada didática. Um passeio pelos claros e escuros, pelos amores, raivas, mandos e desmandos, pela natureza e coisas do homem, de Deus e do Diabo que atravessam toda a obra e todas as cidades e terras. Teatro de objetos, música, vídeos, narrações de histórias, slogans, procissões, e fragmentos da obra , compõem um diagrama, um lugar aberto, ‘sem fechos’ para vivenciar ou refletir sobre a obra de Guimarães Rosa.”


Vale lembrar que o evento é oferecido pelo Sesc mas acontece na Praça Rui Barbosa, no centro da cidade.

Ah, e também que essa leitura de Guimarães estreou na Virada Cultural e desde então anda perambulando pelos Sesc em São Paulo, oportunidade única!

Fonte: SescCampinas e Catraca Livre

2 opinaram

  1. Lís comentou:
  2. pra mim, Guimarães Rosa e suas obras são imaculados!

     
  3. Tico comentou:
  4. É, Lís, esse é um projeto bem legal, além da genialidade do Guimarães. Valeu por comentar!

     

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora