A Arte de Diminuir - Duo Alamire

Postado por Thaiza quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Giulia Tettamanti na flauta doce e Rai Biason Toffoletto no cravo, apresentam um programa baseado nas Diminuições:

"Este programa busca retratar a história da escrita instrumental, a partir do século XVI, onde houve gradativa apropriação do repertório vocal por parte dos instrumentistas até a sua total emancipação, ocorrida no século XVII.

Com a difusão da imprensa musical no séc. XVI, diversas coletâneas de chansons e madrigais polifônicos chegaram ao mercado. Muitas dessas peças podiam ser cantadas a uma voz com acompanhamento de alaúde ou instrumento de teclado, os quais eram responsáveis pela execução das demais vozes. A partir disso, criou-se o hábito entre os instrumentistas de tocar todas as vozes de uma obra improvisando ornamentos durante a execução, como é o caso das chansons publicadas na coletânea de Pierre Attaingnant (1530).
À esta prática de ornamentar obras polifônicas deu-se o nome de Diminuição, pois ela consistia em "quebrar" notas longas de uma melodia transformando-as em notas de valores menores.

Diversas publicações da época documentaram a "arte da diminuição", sendo a primeira delas a Opera Intitulada Fontegara de Silvestro Ganassi (1535). Outros tratadistas importantes foram: Diego Ortiz (1553), Girolamo Dalla Casa (1584), Giovanni Bassano (1585), Girolamo Diruta (1593), Riccardo e Francesco Rognoni (1592/1620).


A partir do tratado de Bassano, surge uma novidade no gênero da diminuição: as ricercate, ou seja, estudos solos contendo passagens virtuosísticas para exercitar a técnica no instrumento. Estamos diante de um passo muito importante para a emancipação da escrita instrumental, pois esta não está mais vinculada à variação de uma melodia pré-estabelecida, ela é escrita pura, estudos das passagens melódicas mais usadas e também as mais difíceis, através da qual se pôde desenvolver gradativamente a técnica dos instrumentos até a formação de um dos gêneros fundamentais da escrita instrumental do próximo século – a Sonata. As sonatas de Paolo Cima e Tarquínio Merula fazem parte dos primeiros exemplos deste gênero e constituem o expoente máximo desta longa tradição veneziana da "arte da diminuição"."


16/10 (sexta) às 19h30 na Casa do Lago.

0 opinaram

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora