Paradinha do MIS: Dorival

Postado por CineCPS terça-feira, 22 de junho de 2010

A já tradicional paradinha do MIS traz Dorival Caymmi na edição do dia 24/06, as 17:30. É um momento para escutar os raros LPs do MIS. Você pode trazer seu LP (de Dorival) de casa para compartilhar. Mais informações abaixo:


utor de obra relativamente curta, Dorival Caymmi, nestes dois discos da década de 50 e um fascículo de 1970, nos envolve em sua musicalidade espantosa, fundamental, instintiva e brasileiríssima. Músico que uniu o primário e o sofisticado, cujo sonho era o de “ser o autor de uma ciranda-cirandinha, uma coisa que se perca no meio do povo”, Caymmi rompe fronteiras tanto estéticas quanto temporais ou geográficas. Exímio violonista, precursor da bossa-nova, em 40 anos de carreira pregou a simplicidade e a economia musical, mas suas melodias e harmonias estão entre as mais ricas da música brasileira.

“Eis uma das características fundamentais da música de Caymmi: sua permanência, sua constante atualidade. Sendo seu tema a Bahia, sua vida, seu povo, seu drama, sua luta, seu mistério, sua poesia, seus amores, a morena de Itapoã, Iemanjá e o vento do oceano, a jangada e o saveiro, o mundo da Bahia, não há uma frase sua, uma única, de música ou de poesia, que seja circunstancial, que derive da moda, de uma influência momentânea”. (Jorge Amado)

“Sua maior proeza, no entanto, pode ser resumida na travessia do homem culto que se chegou ao povo, captando-lhe a essência, e devolveu-lhe uma obra a um tempo fiel e revolucionária.” Tárik de Souza

0 opinaram

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora