Circuito MIS de Cinema

Postado por Carla quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Nesse fim de semana (5 e 6) tem filmes brasucas e cinema com literatura nas telas do Museu da Imagem e Som (MIS). No próximo (12 e 13) rolam filmes do Século com curadoria de Glauber Rocha. Não esqueçam do debate depois do filme!

Ciclo Brasil nas Telas/ “A primeira década do século XXI”
Curadoria: Carla Craice (eu aqui)

ÔNIBUS 174” (133 min)
05 / 08 (sexta-feira) às 19h
Direção: José Padilha
Ano: 2002
Sinopse: Uma investigação cuidadosa, baseada em imagens de arquivo, entrevistas e documentos oficiais, sobre o seqüestro de um ônibus em plena zona sul do Rio de Janeiro. O incidente, que aconteceu em 12 de junho de 2000, foi filmado e transmitido ao vivo por quatro horas, paralisando o país. No filme a história do seqüestro é contada paralelamente à história de vida do seqüestrador, intercalando imagens da ocorrência policial feitas pela televisão. É revelado como um típico menino de rua carioca transforma-se em bandido e as duas narrativas dialogam, formando um discurso que transcende a ambas e mostrando ao espectador porque o Brasil é um país é tão violento. O filme recebeu quatro indicações ao Grande Prêmio Cinema Brasil de
2003: melhor roteiro original, melhor documentário, melhor som e melhor montagem. Foi premiado no Festival de Havana de 2003 como o melhor documentário. Foi premiado no Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro de 2002 como o melhor filme brasileiro e melhor
documentário. Foi premiado no Mostra Internacional de Cinema São Paulo de 2002 como o melhor documentário. Venceu o Emmy Awards de 2005 como melhor documentário.


SANEAMENTO BÁSICO” (112 min)
06 / 08 (sábado) - 16h
Direção: Jorge Furtado
Ano: 2007
Elenco: Fernanda Torres, Wagner Moura, Camila Pitanga, Bruno Garcia.
Sinopse: Os moradores de Linha Cristal, uma pequena vila de descendentes de colonos italianos localizada na serra gaúcha, reúnem-se para tomar providências a respeito da construção de uma
fossa para o tratamento do esgoto. Eles elegem uma comissão, que é responsável por fazer o pedido junto à sub-prefeitura. A secretária da prefeitura reconhece a necessidade da obra, mas informa que não terá verba para realizá-la até o final do ano. Entretanto, a prefeitura dispõe de quase R$ 10 mil para a produção de um vídeo. Este dinheiro foi dado pelo governo federal e, se não for usado, será devolvido em breve. Surge então a idéia de usar a quantia para realizar a obra e rodar um vídeo sobre a própria obra, que teria o apoio da prefeitura.
Porém a retirada da quantia depende da apresentação de um roteiro e de um projeto do vídeo, além de haver a exigência que ele seja de ficção. Desta forma os moradores se reúnem para elaborar um filme, que seria estrelado por um mostro que vive nas obras de construção de uma fossa. Saneamento Básico é um filme que além do enredo em si, possibilita, com humor, uma reflexão crítica sobre o cinema brasileiro atual, além de ser uma aula como fazer, ou não fazer, um filme.


Ciclo “Cinema & Literatura”
Curadoria: Ricardo Pereira

A ALUCINAÇÃO DE ULYSSES” - “Ulysses” (124 min)
06 / 08 (sábado) - 19h30min
Direção: Joseph Strick
Ano: 1967 - (Inglaterra/EUA)
Elenco: Barbara Jefford, Milo O'Shea, Maurice Roëves, T.P. McKenna,
Martin Dempsey, Sheila O'Sullivan, Graham Lines, Peter Mayock,
Fionnula Flanagan
Sinopse: Baseado no romance de James Joyce (1882-1941). O romance Ulysses, do escritor irlandês James Joyce, foi uma das adaptações maisaguardadas e polêmicas da tensa relação entre Literatura e Cinema. Alçado ao panteão de maior obra-prima da ficção mundial, o livro
manteve-se intocável durante 45 anos. Sua adaptação para o cinema só aconteceu por causa da obsessão do diretor americano Joseph Strick, que batalhou durante anos para conseguir realizar seu objetivo. Diante de um desafio descomunal, Strick até certo ponto foi fiel ao magistral romance de Joyce, que conta, durante um único dia (16 de junho de 1901), as desventuras do judeu Leopold Bloom pelas ruas de Dublin, onde acompanhamos seu encontro com o poeta Stephen Dedalus (alter-ego do escritor, personagem principal de Retrato do Artista Quando Jovem) e suas preocupações com a mulher Molly. Mais de 40 anos depois de sua estréia, A Alucinação de Ulisses ainda carrega uma inequívoca aura de ineditismo, provocação e descoberta.


Ciclo “O Século do Cinema”
Realização: Priscila Salomão
Curadoria: Glauber Rocha

ROCCO E SEUS IRMÃOS” – “Rocco i Suoi Fratelli” (99 min – P&B)
12 / 08 (sexta-feira) - 19h
Direção: Luchino Visconti
Ano: 1960 (ITA-FRA)
Elenco: Alain Delon, Renato Salvatori, Annie Girardot, Katina Paxinou, Alessandra Panaro, Claudia Cardinale...
Sinopse: Em busca de uma vida melhor a viúva Rosaria Parondi e seus filhos - Rocco, Simone, Vincenzo, Ciro e Luca, partem da miserável Sicília (Sul da Itália) para a industrial Milão. Na cidade grande, cada irmão segue um rumo diferente. Simone (Renato Salvatori) tenta ganhar a vida como pugilista enquanto Rocco (Alain Delon) sonha em voltar à sua terra natal. Quando Simone é abandonado pela amante, que se envolve com Rocco, tem início a degradação de uma família corrompida pelos valores e costumes de uma sociedade hostil. Rocco e Seus Irmãos é um dos maiores clássicos do cinema mundial.

IVAN, O TERRÍVEL – Parte I” – “Ivan Groznyy” (182 min– P&B)
13 / 08 (sábado) - 16h
Direção: Sergei Eisenstein
Ano: 1944 - (União Soviética)
Elenco: Nikolai Cherkasov, Ludmila Tselikovskaya, Pavel Kadovhinikov,
Mikhail Zharov
Sinopse: No século 16, Ivã se auto-proclama Czar de todas as Russias,entrando em choque com os senhores feudais, chamados de Boiardos, ao tentar fazer um governo centralizado. Sua mulher é envenenada pela tia, retira-se para um convento mas é convocado de novo pelo povo. Ivan, o terrível é um dos maiores clássicos do cinema mundial.

IVAN, O TERRÍVEL – Parte I I” – “Ivan Groznyy” (88 min)
13 / 08 (sábado) - 19h30min
Direção: Sergei Eisenstein
Ano: 1945 - (União Soviética)
Elenco: Nikolai Cherkasov, Serafima Birman, Pavel Kadochnikov, Mikhail
Zharov, Vsevolod Pudovkin , Andrei Abrikosov, Amvrosi Buchma, Mikhail
Kuznetsov
Sinopse: O Czar Ivan engana os nobres de sua corte enquanto cria um exército particular, que o ajudará a reinar novamente e unificar os diversos territórios russos em um Império único. Alia-se a sua poderosa tia Eufrosinia, que trama colocar seu filho no trono. Nesta segunda parte, o espetáculo pictorial continua, agora acrescido de cores vistosas. Stalin fez objeções à forma como o Czar foi retratado, frágil e vacilante, o que resultou a proibição do filme na Rússia até
1958.


LOCAL:
Museu da Imagem e do Som – Campinas
Palácio dos Azulejos
Rua: Regente Feijó, 859
Programação sujeita a alterações
Entrada Franca (40 lugares)
Apoio 100% Vídeo

1 Responses to Circuito MIS de Cinema

  1. Rafael comentou:
  2. O documentário "Onibus 174" ao se utilizar de uma serie de entrevistas apontando para diferentes perspectivas de analise acerca do sequestro ocorrido em 2000 nos depara com a complexidade de uma sociedade que produz suas próprias mazelas: da esteriotipia do ser criminoso à opressão policial e do encarceramento enquanto resposta à violencia...
    Parabéns Carla pela escolha do filme, pela curadoria e valeu a todos pelo debate!
    Abs a tds
    Rafael

     

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora