Mostra 'Tem Cena em Campinas' (17/ago a 12/out)

Postado por Carla quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Entre 17 de agosto e 12 de outubro, o Centro de Convivência Cultural Carlos Gomes, em Campinas, recebe espetáculos de grupos de teatro do Distrito de Barão Geraldo, integrantes do movimento Levante Cultura.

A mostra contará com espetáculos de importantes companhias da cidade como LUME Teatro, Boa Companhia, Barracão Teatro, ParaladosanjoS e, o mais novo da turma, Os Geraldos, que têm em comum o teatro de pesquisa, a troca e transmissão de saberes por meio de oficinas, a criação de espetáculos que promovem novas relações com o público e o fato de estarem sediados na Vila Santa Isabel, em Barão Geraldo.
Estes grupos também integram o Movimento Levante Cultura – Movimento Apartidário pela transformação da Política Cultural em Campinas - juntamente de outras companhias de dança, música, circo e cinema.
Os cinco grupos foram selecionados através de um Edital público de ocupação do Centro de Convivência Cultural Carlos Gomes. Edital este que fazia parte das inúmeras reivindicações do movimento, entre elas, a criação de Políticas Públicas para a cultura.


Programação TEM CENA EM CAMPINAS

Faixa etária: livre
LOCAL: Centro de Convivência Cultural Carlos Gomes (Praça Imprensa Fluminense, s/n, Cambuí, 3232-4168)
INGRESSOS: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia)

AGOSTO

LUME Teatro (17 e 18 de agosto, quarta e quinta, às 20h30)
Kavka – Agarrado num traço a lápis
Direção: Naomi Silman / Com Ricardo Puccetti
A trama se passa em uma noite imaginária de Franz Kafka, na qual o escritor, morrendo de tuberculose em seu quarto-cela, se dedica uma vez mais à sua maior obsessão – a escrita. Sabendo estar próximo do fim, Kafka revisita partes de sua obra e sua vida, reencontra algumas personagens e insiste em escrever um último conto. Esta tensão entre o mundo interior do homem e o mundo material que o cerca cria um fio tênue sobre o qual, suspenso, a personagem Kafka anda.
Faixa etária: 14 anos


Os Geraldos (25 de agosto, quinta, às 20h30)
Hay Amor” (adulto)
Direção: Verônica Fabrini
Com Gustavo Valezi, Douglas Novaes, Carolina Delduque, Clarissa Mozer, Maíra Coutinho
Um banco de praça de uma cidade do interior dá lugar a imagens e sensações de um grupo de amigos que tenta, por todos os meios, representar o amor, no esforço de dizer o indizível. Por meio de cenas curtas e de pequenos recortes de sensações, cantamos as músicas dos nossos corações, acompanhando encontros e desencontros emblemáticos dessa aventura humana que, no mesmo tempo em que nos faz ridículos, faz-nos tão sinceros.
Faixa etária: 14 anos



SETEMBRO

Boa Companhia (06 e 07 de setembro, terça e quarta, às 20h30)
Primus” (adulto)
Direção: Verônica Fabrini / Com Alexandre Caetano, Daves Otani, Eduardo Osório e Moacir Ferraz
Baseado no conto “Comunicado a uma Academia”, de Franz Kafka, “Primus” busca refletir sobre o gigantesco percurso da evolução humana. Conta a trajetória de um macaco que, para garantir seu lugar ao sol, aprende a ser homem e torna-se um pop star do show bizz.
Faixa etária: 12 anos


ParaladosanjoS (15 de setembro, quinta, às 20h30)
Euétheia, Um Elogio à Loucura” (adulto)
Direção: Adelvane Néia / Com Marcos Becker
Concepção e interpretação musical ao vivo: Mauro Braga
Inspirado no “Elogio da Loucura”, de Erasmo de Rotterdam. Um dia na vida de um homem enclausurado em seu mundo, que usa o tempo para a criação de seus pássaros de papel. Através de multifacetadas manifestações de seu caráter, inventa paisagens em que expressa um sopro de vida pulsante.
Faixa etária: Para maiores de 12 anos


ParaladosanjoS (Dia 16 de setembro, sexta, às 16h)
Tchu-Tchu-Tchu” (infantil)
Direção: ParaladosanjoS
Com Brisa Vieira, Halex Farlys, Marcos Becker, Marília Ennes e Mauro Braga.
Dois casais banhistas são surpreendidos por um tubarão terrível, que para demonstrar sua força e coragem realiza impressionantes acrobacias em um trapézio. Os casais fazem de tudo para se salvar, encontrando segurança em tecidos aeroacrobáticos. Até que o perigo passe, eles permanecem no ar, protagonizando uma trama de amor e aventura.
Faixa etária: livre


OUTUBRO

Barracão Teatro (6 de outubro, quinta, às 20h30)
Amor Te Espero (adulto)
Concepção, Dramaturgia e Direção Geral: Esio Magalhães
Assistência de Direção: Tiche Vianna
Com Cíntia Birochi, Kuarahy Fellipe e Esio Magalhães
Perto de um farol, no meio da noite e do deserto, dois charlatões viajantes tem sua viagem interrompida por problemas em seu caminhão e param! É o começo do intrigante encontro com uma misteriosa mulher que lhes reserva grandes aventuras.
Faixa etária: 14 anos


Os Geraldos (12 de outubro, quarta - Dia das Crianças, às 11h e 16h)
Números para crianças” (infantil)
Direção: Roberto Mallet
Com Carolina Delduque, Julia Cavalcanti, Douglas Novais, Gustavo Valezi e Marina Milito
Esta comédia leva a memória dos antigos circos mambembes ao universo infantil, por meio de figuras engraçadas e lúdicas. Ao mesmo tempo, homenageia o artista de circo, que transforma a miséria material em arte.



Objetivos da mostra
Tem Cena em Campinas tem como objetivos ocupar um espaço público de modo transparente; levar espetáculos de qualidade para a população campineira; e acompanhar de perto o andamento das reformas e melhorias nos teatros da cidade. Os grupos decidiram ocupar o teatro do Centro de Convivência mesmo este estando ainda em condições desfavoráveis aos artistas e ao público, que vão desde problemas técnicos e falta de equipamentos a estruturas inadequadas. O Movimento Levante cultura entende que, somente acompanhando muito de perto a situação da cultura, é possível denunciar, cobrar providências e estabelecer diálogo com os órgãos públicos competentes.

Campinas concentra parte significativa da produção artística e cultural do Brasil. Somente no Distrito de Barão Geraldo são mais de 30 grupos profissionais de artes, que viajam por todo o Brasil e para o Exterior. Apesar de premiadas e reconhecidas nacional e internacionalmente, muitas destas companhias encontram dificuldades para se apresentar na própria cidade. Este edital possibilita à população de Campinas conhecer o que ela pode receber caso haja políticas municipais que deem condições de trabalho a todos os artistas.


(texto do site do LUME Teatro)


0 opinaram

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora