[Show] Ieda Cruz apresenta o disco "Decote" na Casa São Jorge

Postado por Thaiza quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Essa quinta (27/10), a cantora campineira Ieda Cruz & Nega Madame, se apresentam na Casa São Jorge. Confira só:

"Há poucos anos a chamada música popular moderna, considerada uma das mais sofisticadas do mundo, criada e tocada no Brasil nos anos 50 e 60, vem sendo redescoberta. Nomes como Zimbo Trio, Som/3, Sansa Trio, Sambalanço Trio e de suas personagens César Camargo Mariano, Simonal, Don Salvador, Leny Andrade, Flora Purin, Don Um Romão, entre outros, representaram, com o chamado samba-jazz, um período de apogeu da música brasileira. Mais tarde Jorge Ben, Marku Ribas, Gerson King Combo, a Banda Mantiqueira e a divina Black Rio fizeram o Brasil e o mundo chacoalharem suas cadeiras em um movimento musical que unia sambalanço, samba-funk, samba-reggae, e também o rock e o jazz aos afro-ritmos. Alguns destes veteranos voltaram a atuar e muitas vezes ao lado de uma rapaziada que ainda acrescenta a influência destes tempos áureos à batida contemporânea do hip hop e da música eletrônica. Assim é o trabalho de tantas bandas atuantes hoje em dia no cenário carioca e paulistano, e assim é também o trabalho da banda campineira da cantora Ieda Cruz, a banda Nega Madame.

De volta ao Brasil, em 2007, depois de uma temporada cantando em Barcelona, Ieda Cruz retoma o projeto da banda Nega Madame e assume suas influências, encabeçando um trabalho com forte sotaque jazzístico, vindo do samba-jazz, e também com uma levada musical recheada de groove e swingue. Bebendo dessa fonte, Ieda e a sua banda já tocaram acompanhados por grandes figuras do movimento black brasuca como Di Melo e Gerson King Combo. Tocaram também com o guitarrista Jean Trade, que ao lado de Itamar Assumpção fez parte do movimento vanguardista chamado "Lira Paulistana" ; assim como também dividiram o palco com novos e já grandes nomes da musica eletronica como o dj Marcelinho da Lua.

Tais influencias também são perceptíveis nas composições da cantora. Ao lado de músicos excepcionais como o baixista Felipe Fidelis, o guitarrista Josimar Pereira, o percussionista Cris Monteiro, o baterista Elthon "Black Dog" Dias, o pianista Ricardo Crem, o Caco; e o naipe de metais formado por Rubinho Antunes no trompete, Marcelo Valezi, saxofonista e Jorge Neto no trombone, Ieda Cruz acaba de gravar seu primeiro disco, com canções de sua própria autoria. Intitulado "Decote", o disco tem os arranjos e programação eletrônica assinados por Vinadhara Vassuprem, o Fernando Baeta, grande músico atuante no cenário musical campineiro desde que veio cursar guitarra na Unicamp, em 1996. Além de Fernando Baeta e dos músicos que fazem parte da formação da banda, o CD tem ainda como convidado especial o professor Albano Sales, pianista de Campinas muito apreciado pelos admiradores do jazz e bossa nova. O album "Decote" da cantora Ieda Cruz se destaca pelos arranjos excelentes, pela boa execução desse timão de músicos e por apresentar uma mistura contagiante de samba-rock, jazz, funk & soul, mostrando ainda que a voz potente, pode ser deliciosamente enérgica e ao mesmo tempo suave, levando um balanço mais que convidativo aos ouvidos."

(do site, no qual também dá pra escutar o som!)

Quanto?
R$10 antes das 21h, R$15 depois.
Onde? Av. Santa Isabel, 655- Barão Geraldo, Campinas

Pra aquecer:

0 opinaram

Postar um comentário

Siga o CultCPS!


          RSS    

Últimas do Twitter


Últimos comentários


Tetê-a-Tetê Digital!

Crítica, sugestões, pitacos, imprensa, colaborações, dicas culturais, releases e afins, nos contate pelo e-mail cultcps@gmail.com

Arquivo do blog

Visitando agora